lifestyle
#brandsandshopping

wishlist #2: apple watch x hermès


IMG_0670

If you are an iPhone devotee like me you are probably all ears (and eyes) to the new 6s, but things can get even better than that.

When Apple Watch was released I was curious but not enough to buy it. Simple as that. Now it’s a lot different. Apple has partnered with the French luxury fashion house Hermès (firstly known by its craftsmanship) to launch on October 5 the Apple Watch Hermès Collection.

Can we have the best of both worlds, that is to say high tech and bold on the one hand and classy and refined on the other?  Yes we can, they say. The Apple Watch Hermès will be available as a double tour (extra long band, in four different colors, wraps twice around the wrist; see picture on top), a cuff (inspired by equestrian fittings, the leather band in fauve) and a single tour (the buckle recalls those on the straps of a horse’s girth, the leather bands in three colors) — but each model includes a watch face you can customize with three typefaces, three numeral displays and three complications.

Come to your daddy, baby, that is all that I have to say.


É provável, se estiverem convertidos ao iPhone como eu, que neste momento só tenham ouvidos (e olhos) para o 6s, anunciado para finais de setembro. Mas a Apple nunca tira um só coelho da sua cartola mágica.

Quando o Apple Watch foi lançado eu fiquei curioso, mas não ao ponto de ter dito “quero já”. Vivo bem sem. Mas eis que a Apple, numa grande jogada de marketing, acaba de revelar que, a partir de 5 de outubro, vai comercializar uma nova coleção destes relógios desenvolvida em parceria com, nada mais nada menos, a Hermès — essa mesma, a marca de luxo francesa conhecida antes de tudo pelo seu trabalho em couro e pela sua ligação ao mundo equestre. E o caso muda seriamente de figura.

Perguntam os mais reticentes: mas será mesmo possível ter o melhor dos dois mundos? Parece que sim, a avaliar pelo que já vi da Apple Watch Hermès Collection. São três os modelos disponíveis  — Single Tour (o clássico, com bracelete de couro em três tons), Double Tour (o modelo na foto, com bracelete maior em quatro cores para dar duas voltas no pulso) e Cuff (com uma bracelete de couro larga inspirada nas fivelas equestres) —, mas cada um deles traz um mostrador que pode ser personalizado ao gosto de cada um.

Posto isto só me lembro daquela música do Bowie: “Come to your daddy, baby”.

You Might Also Like